quinta-feira, 3 de julho de 2014

AAA pra quê? O negócio é comer Doritos e jogar Indie

Muito bom caros jogadores, muito bom. Summer Sale acabou recentemente e você comprou toneladas de jogos que tem 70% de chance de nunca serem abertos. 90% off naquele indie e você comprou 10 indies por 5 reais e uma mariola. Mas muita gente (@gakuma incluso) tem um pé atrás quanto aos jogos independentes, muitos mesmo. E o presidente da Sony não entende que que esse povo tem na cabeça.

Bom, o tio Shuhei Yoshida, que é o presidente mundial dos estúdios Playstation, bateu um papo com um site gringo e disse que não entende porque a galera tem tanta cisma com os jogos independentes. Pra não ficar distorcido, eis a afirmação do camarada nipônico:
 "Eu ouço reclamações (sobre a falta de jogos AAA). Eu entendo que algumas pessoas estão interessadas apenas nos grandes jogos AAA. E eu realmente não entendo estas pessoas. Eu não sei se eles tentaram jogar algum indie e decidiram que não são interessantes, mas talvez eles nem tentaram. Este é o problema"

Bom, verdade seja dita, muitos indies que estão por aí são puro caça-níqueis. As cópias do jogo X e Y se propagam de diversas maneiras, com diversos visuais, em diversas plataformas, e isso tem cansado. Por outro lado, tem altos jogos indies que dão um show a parte em qualquer parâmetro de análise possível. Assim como tem AAA por aí que é quase a perfeição dos games (Rayman Legends, cof cof...) e tem as merdas (ouço Duke Nukem Forever por aí? Alguem?), então generalizar é um problema.

Eu particularmente jogo indies, até pq era o que o meu PC rodava e olhe lá. Mas também jogo os AAA. A questão é aproveitar tudo o que der na telha e acabar deixando o tio Gabe ryco nas Sales do Steam, comprando aqueles packs malditos com 90% off - seja do Batmano ou do IndiePlataformerActionPixelator16bitsRetroAction da Porca Flamejante Studios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário