sexta-feira, 25 de julho de 2014

Análise do beta... The Crew...

Driver 2014...

Todos ficamos impressionados pelo anúncio do ambicioso jogo da Ubisoft que prometeu o mapa dos EUA para corrermos livremente, em uma espécie de Need for Speed World, só que bem feito... Com gráficos de nova geração e milhões de possibilidades... Este é apenas um beta, então... Resta esperança de que esses milhões de possibilidades realmente se apresentem, por que...

Os Gráficos...

Não apresentam absolutamente nada que já não tenhamos visto um ou dois anos atrás... Não são gráficos feios, mas desde Need for Speed Hot Persuit, de 2010, não temos mais jogos de corrida com gráficos feios...

Lembra de Blur, aquele jogo de corrida meio Mario Kart, meio Need for Speed e totalmente porcaria? Então...

O ponto positivo disso? Tasquei tudo no Ultra e manteve aqueles 30fps (malditos consoles), tudo exceto o anti-aliasing... Que estranhamente, jogou os frames lá pra 5 ou 6... Acredito que isso vá ser otimizado na versão final, but then again, é da Ubisoft que estamos falando.

Mas tudo bem, em um jogo tão ambicioso quanto De Cru, que prometeu o mapa dos EUA inteiro, dá pra se entender uma ou outra concessão em gráficos. O que não dá pra entender é...

A Jogabilidade...

Que não se é 100% arcade, muito arcade, ou só arcade... Os carros tem todos meio que a mesma dirigibilidade, a estrada é feita de sabão, bem como os pneus... E olha que eu to acostumado com jogos de corrida heim...


A trilha sonora também bebe da fonte de Need for Speed, com músicas frenéticas pra quando os policiais estão te seguindo (Engraçado, não vi nenhum pelas estradas durante alguuuuum tempo... Será que o jogo se passa no Brasil?) e umas musiquinhas meia boca pra manter o clima "Velozes e Furiosos" da...

História.

Aqui é algo bem pessoal, bem mais inclusive que o restante da análise... Não consigo entender a necessidade de um jogo de corrida ter história... Se tem história é por que não se garante na pista... Mas isso é opinião pessoal, não análise...

Pelo que vi até então, a história segue aquele padrão "Velozes e Furiosos" mesmo, aquela galera cabeça quente, que curte carros tunados e se mete em altas encrencas... Se parece sessão da tarde, é por que é sessão da tarde.

E o mapa inteiro aquele do EUA heim? Então... Maaaaaaizoumeeeeeeenos, mais ou menos...

É uma versão reduzida... Beeeeeeeeeeeem reduzida... Mas em uma escala crível, pelo que vi até então e com um mapa bastante realista, cheio de rodovias que rendem longas corridas e mini games no caminho até uma corrida, ou outro revendedor de carros (cada revenda tem o seu próprio set de carros).


Esses mini games das grandes rodovias servem para manter o player que não quer desafiar outros corredores, entretidos nas longas viagens entre uma cidade e outra... Mas peraí... Se o jogo é de corrida... Só corridas não são o suficiente?

Tá mas... E aí? Vale a pena?

Nope, nã-ã, com gráficos medianos, dirigibilidade, trilha sonora e história meia boca... DE_CREU caiu por terra como mais uma das promessas colossais da Ubisoft dos últimos tempos (que não aconteça com The Division, que não aconteça com The Division, que não aconteça com The Division, que não aconteça com The Division...).

Agora o momento trivia do Gakuma... Qual é te parece melhor? Opção A ou B?

Opção A

Opção B


Nenhum comentário:

Postar um comentário