sexta-feira, 4 de julho de 2014

Diário do Careca sem Pc - Dia 5

Comandante Cítricous reportando ao conselho da Porca Flamejante. Diário da missão.



Dia 5 sem computador. Descobri que minha casa possui mais cômodos além do quarto, e que é habitada por uma criança e uma mulher, sabidamente a oficial superior da residência. Em um dos cômodos, encontrei um sofé, e no extremo oposto, uma tela de 21" numa das superficies de uma caixa cinza, que emitia imagens e sons. Os sons que saíam estavam distorcidos, mas a oficial me mandou a merda e disse que sempre foi "bichado" assim.

Descobri que as imagens apresentam padrões, conhecidos como programas. Notei que no horário entre 1800 e 1900 horas uma programação peculiar começou a ser executada. Tudo era colorido, as pessoas falavam como caipiras e a câmera desfocava em certos pontos. Alguém que atende pelo nome de Zelão beijou uma mulher bonita, mas que tinha cabelos rosa, e atendia por Juliana. De alguma forma isso foi triste, pois afetou o semblante da oficial superior em minha residência de forma que ela veio a sorrir e aparentava choro iminente. Após isso, descobri que uma construção ruiu em Belo Horizonte, e apresentava algum padrão FIFA. Desconheço os termos militares dos jacús da capital. Solicito aos conselheiros que me mandem o procedimento para decodificação deste padrão. 



Após isto, iniciou-se outra programação, desta vez com pessoas mais críveis, porém tão idiotas quanto possível. Cansei-me disso e não fiquei para assistir um tal "jornal nacional", que pelo nome só deve enfatizar e glorificar as empreitadas governamentais e tripudiar a esquerda, se é que existe este termo ainda. A criança solicitava que eu brincasse com ela. Deixe-me brincar até o momento que a mesma aparentou cansaço e a oficial superior colocou-o para dormir.

Aproveitei a deixa para também dormir, pois o número de descobertas ontem foi incrível e precisava pensar sobre isso. Não aguento mais, necessito de um computador.



Comandante Cítricous desligando

lcirilo

2 comentários:

  1. aushuheushasiudhasihfsdiaufhdusifohaduifhaiudfhaidufhidhfudisadjfakjhsdfue a vida sem um computador é complicada mesmo limão

    ResponderExcluir