sábado, 12 de julho de 2014

Jogatina semanal #1

Salve, galera. Estamos iniciando uma série de postagens, onde a cada semana, um dos integrantes da Porca irá comentar os games que está jogando naquele determinada semana. E eu irei iniciar essa série, comentando um pouco daquilo que joguei essa semana.

No PSVita, os usuários da Plus receberam, nesse mês, Muramasa Rebirth, o remake de um jogo hack'n slash 2D, do Nintendo Wii. Há dois personagens jogaveis, Momohime, uma princesa que teve o corpo roubado por um espadachim habilidoso, usando uma técnica para transferir sua alma para aquele corpo; e Kisuke, um ninja que não tem lembranças de quem seja, a unica coisa que ele sabe é que há uma legião de ninjas no seu encalço prontos a matá-lo. Nessa semana eu finalizei a história da Momohime, e agora estou no 5º ato da história de Kisuke.

Também recebemos Doki Doki Universe, um jogo de "variedades" onde você controla um robô que foi abandonado por sua família num planeta deserto, e é encontrado por um alien que lhe diz que seu modelo será desativado, porque não tem humanidade o suficiente (!?!). A partir daí, Q3T parte numa jornada para aprender o que é humanidade, e adquirir um pouco mais dessa qualidade. O jogo parece ter sido desenhado por um guri da terceira série, mas por algum motivo aquilo me cativou, e ele tem uns momentos bem divertidos e engraçados.

No PS3 joguei Puppeteer, que estava perto de finalizar. Curti bastante o estilo teatro de bonecos, a jogabilidade é bem interessante e os personagens em geral são bem engraçados. A unica reclamação sobre o jogo é que as cutscenes no inicio e no meio das fases geralmente são muito longas, então ele geralmente cansa rápido. Uma coisa interessante é o cast de dubladores que aparece no fim do jogo, a dublagem pt-BR tem uns nomes interessantes, como Élcio Sodré (Ovelha), Carlos Campanille (narrador), Carlos Silveira (Capitão Gafe), e outros menos conhecidos, mas todo o elenco ficou muito bacana e bem encaixado na proposta do jogo.

Também joguei Kingdoms of Amalur e finalizei a facção House of Ballads. Agora tentarei finalizar a Warsworn, que estava fazendo paralelamente com essa, e depois iniciar a The Travelers, que é onde o meu personagem se encaixa (atualmente, meu char é um Ranger, e investi todos os pontos de habilidade em Finesse)

Por fim, no PC, finalizei Mass Effect, no fim estava realmente dificil, já que o jogo travava a cada 5~15 minutos. Mas com muita paciência consegui chegar ao fim. Logo em seguida, iniciei o Mass Effect 2 e de cara já achei muito superior ao primeiro por uma série de motivos: a UI mais bonita, gráficos melhores, as armas agora com munição limitada, um sistema de cobertura decente, e Miranda, sua linda. Ao passo que a história desse jogo ainda não engrenou, pra mim, e meio que tá com aquela cara de filler do Naruto.

Iniciei também, nessa semana, o FarCry 3, que ganhei de presente de um camarada da Alvanista. Achei bem bacana, apesar de ter jogado pouco dele, e ter morrido dezenas de vezes na missão de tutorial. Aparentemente, terei dois problemas com esse jogo: minha mania de coletar todos os itens vai fazer meu inventário encher muito antes do que pensei; e o mapa gigantesco que vai me fazer viajar muito tempo sem rumo, já que tenho um problema grave de falta de foco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário