terça-feira, 22 de julho de 2014

Pirateando porque a hueragem não tem limites

Você faz um jogo pra celular, um FPS que acha que todo mundo vai curtir e finalmente vai pagar a conta de luz atrasada em 3 meses com a grana do lançamento. 'Mas precisamos promover o jogo', você pensa, 'por isso vou fazer um concurso qualquer e dar um acesso antecipado pros vencedores!' Excelente ideia, se os ganhadores não tivessem pego o jogo, hackeado e colocado pra galera toda baixar piratex semanas antes do lançamento oficial do jogo. E foi o que aconteceu.



Como de BRHue e louco todo mundo tem um pouco, os jogadores que ganharam acesso ao jogo Modern Combat 5 - desenvolvido pela Gameloft - acharam que compartilhar é vida, e piratearam o jogo. Claro que os desenvolvedores ficaram p*** da vida e tomaram algumas atitudes anti-pirataria, como banir permanentemente os jogadores que estiverem jogando a versão dos sete mares.

Florian Weber, gerente da comunidade da Gameloft, postou no grupo do facebook do jogo: "Como podem imaginar, estou realmente chateado. Pra todos que conseguiram o MC5, que vergonha! Nós estamos fazendo jogos pra vocês e tudo que podem fazer é pirateá-los?". Deixo a discussão em aberta pra quem estiver lendo: qual sua opinião sobre isso? 

Um comentário:

  1. Bom esse tipo de coisa não é novidade pra quem conhece o Aptoide, já que alguns jogos e aplicativos em celular tem preços absurdos e por incrível que pareça, vários apps de utilidade ou jogos excelentes são gratuitos, então vai da produtora do projeto em questão o mundo móvel consegue ter a pirataria alavancada mais rápida que outros meios.

    ResponderExcluir