quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Nada mais que um homem...

Encerrando a primeira fase dos artigos sobre os lordes que derrubaram os dragões ancestrais, hoje abordaremos um pouco da história de Gwyn, o Lorde da Luz do Sol, fundamental para a vitória sobre os dragões ancestrais.

Aqui temos a introdução à série de artigos sobre o lore de Dark Souls... Não deixe de conferir, pois explica o mundo e o que está acontecendo ao redor do Chosen Undead, ou seja, nós...

Naturalmente que haverão gorilhões de spoilers no texto, então, siga por conta e risco.

"Humans... What vile creatures." - Hawkeye Gough
"Humanos... Que criaturas malignas."

Gwyn foi uma das "divindades" que encontraram as lord souls, Gwyn e seus cavaleiros prateados arrancaram as escamas rochosas dos dragões, Nito espalhou o miasma de peste e morte, enquanto a feiticeira de Izalith derrubou suas arch trees com tempestades de chamas. Os três lordes foram auxiliados por Seath, que recebeu o castelo, acima de Anor Londo e Ducado pela sua traição.

E por muito tempo, Gwyn reinou supremo em Anor Londo, e Lordran, a terra dos deuses. Tudo estava em ordem.

Não se sabe com certeza em que altura deste reinado supremo de Gwyn, seu primogênito e divindade menor da guerra, ninguém menos que nosso grande amigo, Solaire (pelo que todos os indícios mostram, como o cabo da espada da estátua onde acessamos a ordem do sol, à direita da estátua da esposa de Gwyn em Undead Parish), perdeu os Anais da História de Lordran e foi expulso de Anor Londo, todos os registros de sua existência apagados. O que nos mostra a tolerância do Deus da Luz para com erros e falhas.
Outra prova de sua tolerância e bondade é o tratamento para com seu filho caçula, Gwyndolin (abaixo). 

Gwyndolin nasceu deformado e frágil e por ter afinidade maior com a lua, ficou conhecido como Dark Moon. Como Gwyn reagiu? Criando Gwyndolin como mulher e sequer o colocando ao seu lado, como Gwynevere e o lugar onde a estátua de seu primogênito estava, em Anor Londo, próximo à primeira bonfire que temos acesso no Reino dos céus.

"Despite" o problemas familiares. Nito cuidava dos mortos, a feiticeira de Izalith cuidava do submundo, próximo a primeira chama e Seath conduzia suas experiências em seus arquivos, em paz. E os humanos continuavam os venerando, como deuses.

Mas como toda a chama, a Primeira não era diferente e começou a dançar na escuridão. Um sinal, de que a era dos deuses, a Era do Fogo estava no fim, e a Era das Trevas se aproximava.

Gwyn, buscou todas as formas que pode para se manter no poder.

Incentivou Seath a pesquisar tudo o que pudesse, para realimentar a primeira chama. Depois do nosso artigo sobre O DRAGÃO QUE A TUDO TRAIU (parte 1 e parte 2), alguém ainda acredita que o dragão albino fez tudo o que fez sem Gwyn saber?

Ao ponto de abandonar um de seus mais fiéis cavaleiros, Havel The Rock, preso para sempre em uma torre, onde o guerreiro se tornou Hollow. Havel que recebeu um dente de Dragão Ancestral como arma e um escudo de escamas destes, como prova de gratidão de Gwyn sabe-se lá quanto tempo antes.

Manteve a aliança firmada com Nito, quando derrubaram os dragões anciões. Como tentei comprovar no artigo sobre o SENHOR DA MORTE.

Ao ponto de fornecer ajuda ao Senhor da Morte quando o ritual de alimentar as Chamas lhe foi roubado, além de parte do seu poder, por Pinwheel.

Buscou a ajuda da feiticeira de Izalith, como piromancista, para tentar recriar a primeira chama. Como tentei explanar no artigo A MADRINHA DA PIROMANCIA, E AS FILHAS DO CAOS.

Quando tudo isso falhou, e a maldição dos não-mortos começou a se espalhar pela terra, descobriu que queimando humanos em fogueiras, podia usar a humanidade neles, os pequenos fragmentos da Alma Negra, como combustível para a primeira chama, uma solução palhativa.

Com os seguidos baques, Gwyn acabou perdendo a esperança e se culpando por todos os males que acabou espalhando, mesmo que de forma indireta, por Lordran. 

A falha da feiticeira que, se tornando o berço do caos, deu vida aos demônios que passaram a infestar a terra.

Seath e suas experiências malditas em sua mente deturpada.

E provavelmente a falha com seus filhos. Gwyndolin e Solaire, suas ações exacerbadas para com ambos.

Não se sabe a qual momento isso aconteceu, mas uma outra ameaça surgiu, o Abismo.

"Oolacile brought the abyss upon itself, fooled by that thoothy serpent." - Marvelous Chester
"Oolacile trouxe o Abismo ela mesma, enganada por aquela serpente dentuça" (tradução livre)

Oolacile já havia sido engolida pelas trevas do Abismo. Com ela, três dos guerreiros mais próximos de Gwyn e incontáveis forças do Senhor da Luz.

Como se este golpe fosse pouco, Kaathe se aproximou ainda mais de Anor Londo, pelo grande Reino de New Londo, próximo ao coração de Lordran.

E aqui cabe uma explicação. Se o artigo parece superficial sobre o Abismo, é por que pretendo fazer um novo, nas próximas semanas, tratando do Abismo, Kaathe, Manus, Oolacile, New Londo e os Quatro Reis. Então fique de olho.

Não demorou e o abismo estava abaixo de New Londo e logo se espalhou, na forma dos Darkwraits que infestam a cidade. Tentando evitar uma nova Oolacile que engolisse a Primeira Chama, tão próxima, e até mesmo Anor Londo, diretamente acima, Gwyn ordenou que os portões da cidade fossem cerrados e a cidade inundada.


Genocídio não era uma novidade para Gwyn, na época, e o abismo foi contido, por enquanto, pois o surgimento do Chosen Undead foi profetizado, aquele não-morto que traria a Era das Trevas, o fim da Era do Fogo.

Sem esperança, por todos seus esforços terem falhado. Sem forças, por ter dado parte de sua alma para os Quatro Reis e parte para Seath. Coberto de remorso, pelo que fez com ambos seus filhos, e com toda a humanidade. Gwyn reuniu metade de seus cavaleiros e partiu para a Primeira Chama, com o objetivo de queimar a si próprio e sua Lord Soul para alimentar a Era de Fogo, ao menos por mais algum tempo.

Gwyn esqueceu que, assim como a feiticeira de Izalith, ele também não era um deus, mas um gigante que encontrou poder. Da mesma forma que ela, foi mutado, se tornando o Lorde das Cinzas. Seus cavaleiros, de belas armaduras prateadas, foram queimados, pelo poder da primeira chama, alimentada e hoje vagam por Lordran sem destino, sem um líder.

A Kiln of the First Flame, onde encontramos a Primeira Chama, o Lorde das Cinzas e seus Cavaleiros Negros, é um lugar desolado, pedaços do cenário destruídos, em cinzas, outros transformados em vidro.

Ao chegarmos ao lugar da primeira chama, encontramos Gwyn, mas não é o que esperávamos. A começar pelo tema da luta.


O lorde das cinzas, uma fração daquele que arrancou as escamas rochosas dos dragões ancestrais e criou um reino impressionante próximo aos céus, permanece a beira da chama, protegendo-a, contra o Chosen Undead, aquele que apagará a chama de vez.


A batalha é triste, por que não lutamos contra um gigante, um monstro ou um dragão. Somos obrigados a matar o homem que abriu caminho entre os dragões ancestrais, que fundou o reino dos céus e que manteve a luz do sol sobre nossos rostos.

Um homem que cometeu muitos erros e, optou por pagar por eles, para defender o que acreditava ser o melhor para seus filhos. Um homem que se viu isolado, depois de perder seus aliados, amigos, filhos e sua própria consciência.

E nós invadimos o lugar, e roubamos a última fagulha de esperança que ele pudesse ter... A última fagulha do Lorde das Cinzas.

Quem é o vilão de Dark Souls?

3 comentários:

  1. Rapaz achei o melhor até agora, tanto pelo conteúdo quanto pela forma que foi escrito.
    Muito bom, Poste no Alva pra eu compartilahr...hehe

    ResponderExcluir
  2. está sendo a melhor "lore" até o momento! ao que vi em outras histórias, Havel odiava magia, consequentemente, odiava Seath. Então "forjou" uma armadura extremamente forte e resistente, para provar que era possível lutar contra os dragões sem o uso de magias. Na certa, Seath sentia-se ameaçado, por Havel. Talvez temendo por sua vida e sua liberdade para fazer experimentos, fez com que Gwin, aprisionasse seu fiel guerreiro, por estar enlouquecendo e se tornando um hollow... Bom é o que eu acho, depois de ter lido muita coisa por aí!!!!

    ResponderExcluir
  3. Pode ficar tranquilo que pretendo fazer uma temporada apenas sobre personagens do qual sabemos pouco, como Havel, Big Hat Logan, Leeroy, e tantos outros...

    Obrigado pelo elogio cara

    ResponderExcluir