domingo, 7 de setembro de 2014

New 3DS

Recentemente foi anunciado um novo modelo do portátil da Nintendo, o New 3DS e a repercussão na internet não foi das melhores, geral ficou chateada e desgostosa com a empresa.


Um novo modelo, assim tão rápido? Acabei de comprar um. Nintendo mercenária... Entre outros mimimi.

Com essa releitura do portátil a Nintendo resolveu as maiores deficiências do portátil. Integrou o CPP ao 3ds com um segundo analógico (sim, aquela verruguinha em cima dos botões) adicionou mais botões, mais poder gráfico e de processamento, melhorou o navegador, aumentou o campo de visão do efeito 3d, adicionou suporte à NFC... Enfim, todas as deficiências do 3ds original foram supridas. 

Com um hardware agora mais potente agora é possível criar jogos que antes não seria possível. "O QUÊ? MEU PORTÁTIL NÃO RODARÁ OS EXCLUSIVOS PRA ESSE AÍ? EMPRESA %¨$¨&%$¨&#$¨%$..."

Então, temos aqui uma melhoria no hardware do aparelho, não seria um desperdício se, em alguns jogos, não pudéssemos tirar o máximo desse hardware novo?

Temos que lembrar que a Big N fez exatamente a mesma coisa em todos os portáteis anteriores. Atualizou o GB para o GBC, o GBA para GBA SP, o DS para o DSi, e em todas essas atualizações, o modelo atualizado teve um ou outro exclusivo, mas a maioria dos jogos acabavam saindo para os dois modelos.

Serei obrigado a trocar meu 3ds? Não. Existirão jogos que não poderei jogar no meu 3ds? Sim, mas como disse, se o novo modelo não existisse, não existiria esses jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário