segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Lore de Drangleic

Estimados amigos que acompanham nosso site de entretenimento, finalmente chega a hora. Lanço hoje, junto da Terceira Temporada do Lore de Lordran, e o compilado da Primeira Temporada daquele reino, a primera temporada do Lore de Drangleic, o Reino de Dark Souls 2.

Nesta postagem introdutória, explicarei um pouco do mundo de Drangleic e o significado do início do jogo, que já foi um mistério para muitos players pelo mundo afora.

Seria desnecessário dizer à essa altura, mas haverão gorilhões de spoilers nos próximos textos.

Estamos ficando cada vez menos humanos, ao ponto de esquecer ou acabarmos, nós mesmos, com a nossa família, uma esposa, um filho. E esquecer, de tudo, da existência dessa família, de nós mesmos, do que somos.

Quando a velha nos explica o que são os pesadelos que temos, e o que significa estarmos nos tornando cada vez mais Vazios, descobrimos que a maldição voltou. A maldição dos não-mortos.




Eras antes da nossa vida, nos explica a velha, ao norte, um grande rei construiu um grande reino. Um reino onde, um dia, estaremos aos portões, sem sequer saber o porque.

As pequenas criaturas luminosas que dançam por entre as ruínas, próximo do santuário deste outro mundo, ficam alvoroçadas com a sua presença, revelando no reflexo da água que aquele reino ainda existe, em um outro tempo, uma outra era.

Como uma mariposa atraída para a vela, nos jogamos no turbilhão de trevas.

Acordamos em uma caverna, ou seria um Lago de Cinzas, com Árvores Ancestrais por todos os lados e uma grande fonte de luz exterior à distância.


Seguindo pelo curto caminho em meio a grama alta, passando por alguns Kobolds, encontramos uma cabana, onde três velhas, três Guardiãs da Chama nos falam sobre a primeira velha, que nos mandou para aquele mundo. Na certa uma Guardiã, ela própria, que sobreviveu ao fim daquele mundo.

Então recebemos uma efígie com a nossa imagem e nos lembramos do que somos, estamos curados, ao menos por algum tempo, ao menos para iniciarmos a nossa jornada pelo Reino perdido de Drangleic.

Guardando aquele lugar, diversos Vazios, piratas e ladrões, que tinham sua função bastante peculiar no Reino de Vendrick, o monarca daquele Reino perdido.

Vendrick, em muito, parecido com Gwyn, Monarca que construiu um Reino fantástico, magias de criação e perdeu tudo. Como todos os Monarcas daquele lugar, Vendrick tinha uma Rainha. Uma rainha que lhe trouxe tanta paz, que parecia a escuridão.


Mas essa é apenas a calma superfície de um lago muito mais profundo, que guarda uma guerra contra gigantes, a ressurreição do pai do Abismo, através dos pedaços de sua alma, três coroas de Reis de outras eras e uma bela mulher, que nos guia pela nossa jornada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário