quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Middle-earth: Shadow of Mordor: um sucesso de crítica

Middle-earth: Shadow of Mordor, o mais recente game baseado na saga de J.R.R. Tolkien, tem se provado um sucesso de crítica. Lançado 30 de Setembro para XBox One, PS4 e PC. O jogo se passa entre o fim de 'O Hobbit' e o início de 'O Senhor dos Anéis', onde você controla um Ranger, que tem habilidades de um Ringwraith, inclusive a habilidade de Frodo nos filmes, de ficar invisível ao usar o Um Anel. O personagem Talion, protagonista do jogo, é dublado pelo famoso Troy Baker (Joel em The Last of Us e Booker deWitt de Bioshock Infinite, entre muitos outros.)

Arrancar cabeças em Mordor

O jogo tem sido bastante comparado ao Assassins Creed, inclusive sendo acusado de usar parte do código-fonte de AC II. Já a parte de combate, sofre comparações com a série Batman: Arkham. Se é apenas um jogo de mundo aberto, com sistemas já vistos em outros jogos mais antigos, porque está recebendo tão boas reviews?  Aparentemente o grande culpado do sucesso do jogo, além de ser a fidelidade mantida ao universo de Tolkien, é o sistema Nemesis.

As notas de Shadow of Mordor (fonte: Wikipedia.com)

Dominando um inimigo 

Nemesis System faz com que a experiência de cada jogador seja única. Os inimigos são gerados de forma procedural (ou seja, são aleatorizados a cada jogada), mas vão evoluindo no mundo assim como o personagem. Numa batalha contra um capitão Orc, por exemplo, se você jogá-lo no fogo, e ele não morrer, ele voltará mais tarde no jogo, com ressentimento de suas ações, e terá um comportamento mais violento e vingativo. Um inimigo Uruk que derrotar Talion, por outro lado, pode subir de nível e de patente, recebendo melhores armas/equipamentos e ficando mais forte, caso o ranger tente enfrentá-lo de novo para se vingar.

Inimigo gerado numa partida, querendo se vingar de Talion

Infelizmente para quem ainda tem um PS3 ou XBox 360 e quer pôr as mãos nessa maravilha, o jogo será lançado para essas plataformas, mas sem o poderoso Nemesis System.

Nenhum comentário:

Postar um comentário