quinta-feira, 2 de outubro de 2014

The Legacy of Metal Gear - The Les Enfants Terribles Project

Preparados para conhecer mais do universo incrível de Metal Gear Solid? Pois então conheça agora a origem das lendas da série, Os Les Enfants Terribles: Solid Snake, Liquid Snake e Solidus Snake!
AVISO: ESSA POSTAGEM CONTERÁ MUITOS SPOILERS IMPORTANTES PARA TODA A SÉRIE. LEIA POR SUA CONTA E RISCO.

Um dos pontos mais importantes pra toda a série, e um dos que mais causa confusão é o projeto que deu origem aos gêmeos Solid Snake, Liquid Snake e Solidus Snake. O "The Lest Enfants Terribles Project". (Projeto as crianças terríveis)
O projeto The Les Enfants Terribles foi o responsável pela clonagem de Big Boss, considerado o maior soldado do mundo na década de 1960 após a bem-sucedida Snake Eater Operation, onde o mesmo impediu a Terceira Guerra Mundial ao destruir o Shagohod, matar o Coronel Volgin e por matar sua mentora e “desertora”, The Boss.
O Projeto foi conduzido pela organização The Patriots na década de 1970, e foi responsável muitas mudanças no próprio grupo.
Após a Operação Snake Eater, o soldado Naked Snake recebeu do presidente dos Estados Unidos no ano de 1964 , Lyndon Johnson, o título de Big Boss, por ter superado sua própria mentora, The Boss. Com isso ele tornou-se um ícone ao redor do mundo, sendo reconhecido como o maior soldado do mundo.
Membro dos Patriots desde pouco tempo após o desfecho da crise em San Hyeronimo (Portable Ops - 1970), Big Boss e Major Zero discutiam muito devido a diferenças ideológicas, em especial, a interpretação do desejo de The Boss. Temendo que Big Boss deixasse o grupo, Zero iniciou em 1971 o The Les Enfants Terribles Project, conduzido por Dra. Clark, conhecida pelo seu codinome Para-Medic.
Big Boss era incapaz de ter filhos pois era estéril, vítima de exposição a radiação em um teste nuclear em Bikini Atoll. Graças a isso, o DNA dele era de imenso valor, considerado importante demais para ser perdido.
Após sucessivas falhas, no ano de 1972 o projeto finalmente atingiu sucesso, e três clones de Big Boss nasceram. Solid Snake, Liquid Snake, e um terceiro clone, Solidus Snake.
O projeto consistia na criação de clones somáticos, combinados com a utilização do método Super Baby. Inicialmente, um óvulo de uma assistente japonesa desconhecida da Dra. Clark foi coletado. Ele teve seu núcleo removido e preenchido com o DNA de Big Boss. Após isso, o óvulo foi inserido no útero de uma "barriga de aluguel". A mãe dos clones era EVA, que se voluntariou a participar do experimento por desejar possuir filhos de Big Boss (que era estéril).
Dentro do útero de EVA, o embrião foi estimulado a se dividir, criando oito embriões idênticos que iniciaram seu crescimento. O DNA de Big Boss dentro do óvulo geraria uma réplica exata do próprio, o mesmo processo REAL que deu vida ao famoso clone ovelha Dolly.
Após certo estágio de desenvolvimento, o método do Super Baby foi implantado. Esse método consiste no aborto induzido de seis desses embriões, dessa forma, os nutrientes cedidos pela mãe para o desenvolvimento dos seis é transferido aos dois embriões restantes, que se desenvolverão muito mais fortes.
Os embriões passaram então por manipulação genética, em ordem de criar um indivíduo com os melhores traços genéticos de Big Boss. Um dos embriões recebeu todos os genes de caráter dominante, e o outro recebeu todos os genes de caráter recessivo, tendo esses genes trocados entre ambos. Assim, dois indivíduos nasceriam, um clone dominante e um clone recessivo.
O terceiro clone, porém, foi desenvolvido de uma forma diferente. Passando pelo mesmo processo de criação dos dois clones, ele porém foi implantado no útero de uma mulher desconhecida. Esse clone não passou por manipulação genetica, sendo a cópia exata de Big Boss, criado com o objetivo de ser o clone perfeito, a cópia definitiva de Big Boss.
No ano de 1972 os filhos nasceram, sob cuidado e supervisão dos Patriots. E no ano de 1976 o projeto foi abandonado.
Solid Snake (verdadeiro nome: David) foi, como ele próprio diz, criado por muitas pessoas, e entrou desde cedo na vida militar, crescendo, e fazendo parte dos boinas verdes ainda na adolescência, lutando na Guerra do Golfo, ingressando na FOXHOUND pouco tempo depois, tendo como principais missões ao longo de sua vida: Outer Heaven (1995), Zanzibar Land (1999), revolta de Shadow Moses (2005), viajou pelo mundo destruindo incontáveis projetos de Metal Gears (2005-2007), invasão ao cargueiro que transportava o Metal Gear RAY (2007), revolta de Big Shell (2009), crise da economia da guerra e execução do plano “Sons of the Patriots” (2014). Solid Snake era conhecido por ser o filho com os genes dominantes, sendo considerado o soldado perfeito, e aquele que “torna o impossível, possível”. Revolver Ocelot, porém, revelou a Solidus Snake em 2005 que ele era o filho recessivo, referindo-se a ele como o “inferior one”.
Liquid Snake teve o passado pouco explorado (MGSV: The phantom Pain detalhará esse período, visto que é praticamente confirmado que Eli é o jovem Liquid), sabe-se porém que após seu nascimento ele foi levado para a Inglaterra, onde foi criado. Foi membro da SAS (Serviço Aéreo Especial Britânico), e da SIS (Serviço Secreto de Inteligência). Lutou na Guerra do Golfo, onde infiltrou-se no Oriente Médio, porém foi capturado e mantido preso no Iraque até ser resgatado em 1994. Em 2000, assumiu o comando da FOXHOUND, e em 2005 deu início a revolta de Shadow Moses, onde exigia o DNA de Big Boss, ameaçando um ataque nuclear nos EUA utilizando o Metal Gear REX caso as exigências não fossem cumpridas em 24 horas.
Liquid Snake conheceu Big Boss durante sua juventude, o qual era humilhado pelo “Pai” que o chamava de lixo genético, dizendo que o único motivo de sua existência era para que seu irmão Solid Snake pudesse existir sendo o filho mais forte. Acreditando por toda a vida ser o clone inferior, Liquid tinha dois objetivos principais: Matar Solid Snake, por ser o clone superior e por ser aquele que matou Big Boss, tirando a chance dele próprio fazer isso. E superar o Big Boss, criando uma nova Outer Heaven, maior e mais poderosa, provando a si mesmo que ele não é o inferior. Liquid diferencia-se de Solid em seu fenótipo (características externas de um indivíduo), ele possuía pele mais escura e era loiro (especula-se que isso seja devido ao tempo que permaneceu no Oriente médio, onde era muito exposto ao sol).
Apesar de acreditar ser o clone inferior, Liquid Snake era quem possuía os genes dominantes.
NOTA: Nunca foi exatamente explicado quem é o dominante e quem é o recessivo, a única prova existente é a fala de Ocelot ao final de MGS1.
NOTA 2: Genes recessivos e dominantes não significam genes melhores ou piores, e sim a probabilidade de um gene se replicar para um descendente. Genes dominantes tendem a sobrepor-se aos genes recessivos no cruzamento do DNA dos pais na criaçaõ de um filho. Olhos azuis são traços recessivos no gene da cor dos olhos (todos os Snakes possuem olhos azuis), cabelos loiros e também cabelos lisos são traços recessivos.
Curiosidade: Miopia é um traço genético dominante, passado de pais para filhos. Por isso, traços dominantes ou recessivos não tem relação com serem genes “Melhores” ou “Piores”.
Solidus Snake (nome real: George Sears) é o clone perfeito, detentor do DNA original de Big Boss. Logo na juventude ele fez parte da CIA, sendo enviado para a Guerra Civil da Libéria na década de 80, onde comandou um exército de crianças, tendo como principal membro Jack (Raiden), criança que Solidus adotou após matar seus pais. Durante a guerra, Solidus realizou muito atos de extrema violência. Supõe-se que ele tenha nascido alguns anos após Solid e Liquid
Em 2001, Solidus foi nomeado 43º presidente dos Estados Unidos, a mando dos Patriots. Na época ele tinha menos de 35 anos (idade mínima para ser presidente), mas devido a sua degeneração celular, aparentava ser muito mais velho. Após o atentado terrorista de 11 de setembro, Solidus criou a unidade Dead Cell para combate ao terrorismo.
Durante os eventos de MGS1, ele estava tentando aprovar seu projeto de redução de armas nucleares no mundo, através do acordo START III, ao mesmo tempo, ele enviou Revolver Ocelot para incitar Liquid Snake a iniciar a revolta de Shadow Moses e roubar os dados do Metal Gear REX, com o objetivo de usá-lo contra os Patriots. Após esse evento, REX e os Genome Soldiers vieram a público graças a Nastasha Romanenko, com isso os Patriots removeram Solidus da presidência, e o mesmo se escondeu até 2009, quando retornou com o plano de roubar a Arsenal Gear e usar sua bomba nuclear nos céus de Manhattan, destruindo todos os aparelhos eletrônicos da cidade com o pulso eletro-magnético gerado pela explosão, atacando os Patriots diretamente destruindo seus centros tecnológicos na cidade. Seu plano real, porém, era extrair os nomes dos 12 membros do Wisemen’s Committee (nome pelo qual os Patriots eram conhecidos) da inteligência artificial GW, caçá-los e matá-los um a um. Libertando o mundo de seu domínio e deixando sua marca na história.
Todos os três clones nasceram com duas características comuns: Eles eram estéreis, e possuiam degeneração celular. Ambas as características foram intencionalmente implantadas para impedir que o DNA de Big Boss caísse em mãos erradas. Sem a capacidade de gerar filhos, eles não poderia passar o DNA adiante, e a degeneração celular foi implantada com o objetivo de impedir que o DNA de Big Boss caísse em mãos indevidas. Os três clones envelheciam muito mais rápido que um ser humano comum, e Solidus, por ter o DNA exato de Big Boss sofreu o envelhecimento mais acelerado, para que fosse o primeiro a morrer. Liquid Snake morreu antes que a degeneração pudesse atingí-lo de forma mais aparente. Solid Snake, durantes os eventos de MGS4 possuía 42 anos, mas sua aparência era de um idoso de mais de 60 anos. Durante esses eventos, Naomi Hunter explicou que a expectativa de vida de Snake, graças a degeneração celular, era de 1 ano.
Solid Snake e Liquid Snake não possuíam o mesmo DNA de Big Boss, por conta da manipulação genética pela qual passaram, apenas Solidus Snake possui o DNA original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário