terça-feira, 4 de novembro de 2014

As Cronicas do Furacão estão chegando ao fim

A história do Ninja com roupa laranja e cabelo amarelo começou a ser publicada em 1999. Naruto cresceu, assim como Goku, mas cada um em seu tempo distinto, porém tendo sucesso inevitável e fazendo com que muitas pessoas parassem seus afazeres e fossem acompanhar detalhes de sua história.

O ninja da vila da folha era nada mais que um jovem rebelde, que no inicio da história não tinha um bom fundamento, mas conforme o tempo foi passando e Kishimoto foi aprofundando o universo de Naruto, tivemos o verdadeiro significado das "Cronicas do Furacão". Muitos momentos do mangá, representados de forma sublime no anime mostravam como um jovem vivia dilemas e frustrações de forma cômica e séria. 

Quando Naruto ainda criança protege Tsunade e conhece o Jiraya Sensei, mal podia imaginar o que o aguardava e o quão bélica seria sua jornada com o Ero Sennin e a futura Hokage. Todos os embates e perdas na série tem um foco grande e são em sua maioria bem construídos, mas nada foi tão profundo e detalhado como a história de Jiraya, um ninja lendário, escritor, pervertido que tinha como objetivo encontrar o herói do seu livro, que nada mais era que o salvador do mundo. Muitos ninjas fizeram parte desta história de forma condizente, Zabuza e Hiku foram os primeiros a mostrar ao pequeno Naruto como o mundo ninja se tornaria impiedoso. Orochimaru e Kabuto só reforçaram de forma medonha como as pessoas podem ser, e como podem agir para conseguir o que querem.

Itachi foi um dos elos que fez com que a história se tornasse um primórdio até que fosse montado o cenário que contaria a história por trás da lenda de Madara, Hashirama e Rikkudou Seninn. Mesmo tendo um leque gigantesco de personagens com histórias bem elaboradas com o tempo, poucas coisas foram tão impactantes como a jornada de Yahiko, Konan e "Nagato (O segundo salvador dos livros de Jiraya)" e a transformação da vontade por trás do Rinnegan em "Pain", assumindo assim de forma esplendorosa o corpo caído de Yahiko.

Muitas lendas foram sendo conhecidas através das linhas de Naruto, uma das mais reforçadas e bem representadas é a do "Konoha no Kiiroi Senkō - O Relâmpago Amarelo de Konoha" e sua batalha para salvar a vila da fera de nove caudas. Com a evolução da série foi se tornando mais evidente que Minato se tornou uma lenda, não só por ser diretamente um ninja "quase" perfeito, mas também por enfrentar o homem que tomou o controle da raposa, e ainda sacrificar sua vida para que seu filho pudesse viver e salvar o mundo no futuro (sendo assim o terceiro herói e salvador dos livros de Jiraya, o primeiro e duradouro herói deste mini conto era Minato, mas ao final do livro o nome mencionado como o do herói era o de Naruto, nome este que foi dado ao jovem pelo próprio Jiraya).



A série Ninja Storm de Naruto carrega um grande conceito da história dos mangás de forma fiel, contando ainda com algumas animações exclusivas.

O mangá que representa a fase jovem e crescente de Naruto se encerrará em sua edição 700 e em dezembro será lançado o que possivelmente pode ser a ultima animação sobre o ninja da folha.

Essa foi uma simples homenagem as "Cronicas do Furação" uma obra criada e desenvolvida por Masashi Kishimoto, contando a história de um jovem orfão lutando para ser reconhecido sem saber que tinha uma fera dentro de si.

Pra me despedir deste artigo e da série, não tem como deixar passar o fato que a entrada de Jiraya foi uma das coisas que mais curti no enredo, sua morte foi uma das mais marcantes e tristes, mas ele morreu como herói, ninja astuto que sempre foi e Naruto, não tinha como reagir de maneira diferente dentro da história, já que o Ero Sennin tinha sido sua família, mestre de seu pai, seu mestre e uma das pessoas que mais apostou e ensinou Naruto as "manjaria" da vida. 


Bom até mais jovens, espero que tenham curtido este artigo sobre Naruto e até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário