segunda-feira, 17 de novembro de 2014

O RELATO DE UM EX-PROGRAMADOR DA UBISOFT SOBRE OS PORTS PRA PC

É meus amigos, aqui você não vai ver lambeção de virilha de produtora de games por que não é o intuito da Porca Flamejante, como alguns por aí... Dito isso, aproveito para repassar as últimas informações que vieram a tona sobre os ports lixo da Ubisoft para PC.


Um (suposto) programador veio a público, mais especificamente ao Reddit onde fez o seguinte relato. (LEIA ATÉ O FINAL)

"We were struggling under normal load, aaa games are HARD to develop. And then instead of 4-odd years between releases, where we worked 50-70 hour weeks, (anything above 37 is unpaid), you decided we should release every year and not actually possible, unless you hire guys for 40k(GBP) for example, but make them work 55 hour weeks, i've seen guys work for beloow minimum wage if you take overtime into account (and they're producers), i've seen guys shamed for leaving at 5pm (when i say 'guys' i mean 1 guy, now how i wish i was him as he boldly walked out in his laserproof armour everyday defending him from the death stares from people who would be staying til 11), i've seen guys shamefacedly take 2 days paternity leave (in the uk!) and spend months between the times where they'd see their babies with their eyes actually open."

[Nós estávamos trabalhando sob a carga normal, jogos AAA são DIFÍCEIS de desenvolver. E ao invés de termos 4 anos entre os lançamentos, onde trabalhávamos cerca de 50-70 horas semanais (qualquer coisa acima de 37 não é remunerado), vocês decidiram que deveríamos lançar todos os anos e isso não é possível, a menos que você contrate um cara por 40k(GBP) por exemplo, mas faça com que ele trabalhe 55 horas semanais. Eu vi caras trabalhando por menos do que o salário mínimo se você considerar as horas extras (e eles são produtores), vi caras envergonhados por saírem ás 5pm (neste caso, era apenas um cara, e como eu queria ser ele, resistindo aos olhares mortais de quem ficaria até as 11pm); vi caras envergonhados por tirar apenas 2 dias de licença paternidade e passar meses sem ver seus filhos]

E aqui chegamos a parte realmente interessante, quer dizer... Além do regime escravo a que são postos os programadores da Ubisoft.



"I was in a meeting personally with Yves Guillemot, who said that he doesn't care about PC gamers because, and i quote "90% are pirates anyway", that's after a direct question from a well respected, well paid programmer back in the late 2000s asking "why are our pc ports fucking shit?", so we outsourced it all to eastern europe, they've never even seen it on a console, so pc master race guys, that's why"


"Eu estive em um encontro, pessoalmente, com Yves Guillemot, que disse que não se importa com PC gamers por que, e eu cito "90% são piratas mesmo", e isso foi depois de um questionamento direto de um respeitado, e bem pago, programador, ainda em 2000 e tantos, perguntando "por que nossos ports pra pc são tão merdas?", então nós terceirizamos tudo pro leste europeu, eles nem viram o jogo original no console, então, caras da pc master race, ta aí o porque"



"We had to beg to have our deadline extended or we WOULD release a horrible broken mess. but this is normal, either it all works or nothing, any programmer can tell you that.

[Nós tivemos que implorar para que estendessem nossos prazos ou nós IRIAMOS lançar uma porcaria horrível e quebrada. Mas isso é normal: ou funciona tudo ou nada, qualquer programador sabe disso.]


Anyway, our game was released slightly delayed by half a year or so (2 quarters!) and won lots of awards, but we had a lot of convincing to do for ubisoft to allow us to miss that fiscal deadline, because all games are products subject to an excel spreadsheet. To miss our deadline we had to lose a few random workers (19 i think? because 20 or something specific comes under mass redundancy wich comes under different laws in the uk), yes we can release a shit buggy game, or a good one a few months later, but we have to figure out which is better for our fiscal forecasts because each game from conception already has a release date and expected revenue for that fiscal period.

[De qualquer forma, nosso jogo foi lançado levemente atrasado, algo em torno de meio ano ou mais, e ganhamos vários prêmios, mas nós tivemos que convencer a Ubisoft a permitir que nós perdêssemos o prazo fiscal, pois todos os nossos jogos são produtos sujeitos a uma planilha do Excel. Para adiarmos nosso prazo, nós tivemos que perder alguns trabalhadores aleatórios (19 eu acho? Porque 20 mais ou menos vem sob algumas leis diferentes no Reino Unido). Sim, podemos lançar um jogo de merda ou um bom alguns meses depois, mas nós temos que ver o que é melhor para nossas previsões fiscais, pois cada jogo tem, desde sua concepção, uma data de lançamento prevista e uma renda para gerar naquele período fiscal]


My beloved unit QA guys! I know, shush, you know every bug appearing online like the back of your hand and you have to read comments like "didn't anyone in QA pick this up?" even though you've been looking for a new job for months because it's so BAD.

[Minha querida unidade de controle de qualidade! Eu sei que vocês sabem de cada bug do jogo como a palma da sua mão, e mesmo assim tem de ler comentários como "ninguém viu isso?" mesmo que você tenha procurado por um novo emprego por meses, por que é tão ruim]


Well to all commenters out there: It's out, cos QA get sacked at the end of a project anyway, but that's normal.

[Á todos que comentaram lá: já era, porque o controle de qualidade é despedido no fim do projeto, mas isso é normal]



I went from a dev ops to QA in non games and it's literally half the work for twice the pay.

[Eu fui desde a equipe de desenvolvimento ao controle de qualidade em áreas não relacionadas a jogos, e é literalmente metade do trabalho pelo dobro do preço]



I still own a C64, CPC464 and 3 flavours of spectrum among my old consoles, i will never even look at a games job again. I hate ubisoft for ruining my dream, but i don't blame the devs, montral are hurting more than us fans.

[Eu ainda tenho meus consoles antigos, e eu nunca mais olharei para um emprego na área de jogos novamente. Eu odeio a Ubisoft por arruinar meu sonho, mas eu não culpo os desenvolvedores, Montreal está mais prejudicada do que nós, fãs.]


(if you want to correct my grammar etc: I'm drunk and asleep by the time you read this but feel free to talk to a database)

[Se você quiser corrigir meus erros de gramática: Estou bêbado e sem dormi neste momento, mas sinta-se a vontade para falar o que quiser]

PS: Yves Guillemot sue me if you want i don't care. you're a cunt."


[PS: Yves Guillemot me processe se você quiser, eu não ligo.Você é um bosta"]

Imagino que pra maioria dos players, isso não vá mudar em nada, mas este que vos escreve é contra trabalho escravo e empresa cuzona... Pode apostar que não vou colocar as mãos naquele Far Cry 4... Por mais empolgado que tivesse para o lançamento.

3 comentários:

  1. Get sacked não é ficar de saco cheio, significa ser despedido sem justa causa.

    ResponderExcluir
  2. Pelo que entendi, "Sim, podemos lançar um jogo de merda ou um bom alguns meses depois..." pode se aplicar a Far Cry, como o jogo bom depois dos fiascos?
    Esse texto todo chega a ser assustador, mas chega de numa fase que dá pra acreditar em cada linha dele, pois só assim pra justificar tantos erros num curto espaço de tempo.

    ResponderExcluir