terça-feira, 23 de dezembro de 2014

E o Presidente da Marvel pensava exatamente o que eu pensei sobre O Espetacular Homem Aranha 2

Enquanto assistia essa bucha, pensei, "Por que raios o Electro odiou o Homem Aranha, se ele foi o único que prestou a atenção nele em toda NY? Por que não manter a química entre Emma e Andrew durante todo esse filme e levar aquele ponto trágico a um próximo filme? POR QUE DIABOS COLOCAR 3 VILÕES DE NOVO?!"

Parece que não fui só eu quem pensou assim.

Em mais um dos e-mails vazados nos últimos dias, Alan Fine (Presidente da Marvel) explicou à Tom Cohen (VP de Produção da Marvel e contato entre Marvel e Sony) todos os problemas no roteiro de O Espetacular Homem Aranha 2.



Alan começa bem, na certa se referindo a notas que Tom já teria feito no rascunho de roteiro, comentando sobre os problemas, e então começa...

"A história é muito sombria, muito depressiva. Eu quis queimar o rascunho depois de ler e jamais pensaria em comprar o DVD"

Alan então critica a estratégia usada pela Sony nessa nova trilogia do cabeça de teia, dizendo que é um erro desconsiderar os eventos da primeira trilogia e que essa deveria ser uma espécie de prequel da anterior. E então começa a apontar diversas incoerências entre as duas histórias.

"... Eu acho um erro negar o lugar da trilogia original no canône do universo cinemático do Homem Aranha. O que você está dizendo à audiência? Que a trilogia original foi um erro? Nós mentimos para você? Apenas inventamos? Por que a audiência deveria comprar o mundo que criamos agora? Vamos negar sua existência no próximo reboot?"

"A química entre Emma e Andrew é tão boa e tão positiva que eu fiquei pensando por que seria tão necessário matar ela nesse filme? Deixe o relacionamento desenvolver e faça o ato no próximo filme. Por que apressar? O relacionamento deles foi a melhor parte do primeiro filme e é a melhor parte dessa história..."

Ele segue comentando que o filme segue a mesma formula da trilogia anterior, "... com a exceção da morte da namorada, a qual eu sinto que é desnecessária e prematura de qualquer forma." e sugere que o roteiro seja revisado para algo novo e interessante. "...Eu achei esse rascunho, tedioso, chato e tive que me forçar a ler tudo...".

Como todos nós, Alan não acreditou em Electro e o ódio súbito dele pelo Homem Aranha...

"... Parece manufaturado, conveniente, carente. É parte de todo o problema com a fórmula que mencionei acima. Por que sempre temos que ver o vilão do Homem Aranha ser criado do rascunho e enfiar razões por que ele deveria odiar o mundo e especialmente o Homem Aranha? Por que não pode haver algo maligno lá fora e o Homem Aranha ser a última linha de defesa? Use alguns flash backs para provar a impiedade, sede de sangue, escuridão do monstro, mas não atrase todo filme do Homem Aranha com a completa criação e história de fundo da inocente vítima que nós nem podemos detestar por que sua maldade não é de sua culpa..."

Pra terminar, comentou que a história é muito longa, e...


"3 vilões? Pelamor"

A tradução é quase tão livre quanto a América, então não se apegue a detalhes dela...


Nenhum comentário:

Postar um comentário