segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Review em andamento - Far Cry 4

É impressionante a riqueza cultural e natural que o oriente apresenta, não?


Todas as cores e músicas, os festivais e tudo mais que nos rodeia em Kyrat, nos encanta. De maneira a parar o jogo, depois de trucidar cada inimigo, e ficar fitando as belíssimas árvores, o gramado, com as montanhas ao fundo, e as bandeirolas que balançam ao vento.


Não sei se a intenção da Ubisoft era nos mostrar o perigo da instabilidade política na região, algo que já há diversas décadas afasta moradores locais, mas ela falhou miseravelmente. Kyrat é linda e a vida selvagem é apaixonante.


A trilha sonora, mística, a palheta de cores, ainda mais quente que no terceiro game. Os gráficos, ainda melhores, devido a atualização do motor gráfico Dunia 2.

A jogabilidade é tão fluída quanto nos games anteriores e preza, como todo o resto, pela diversão do jogador, ao invés daquele realismo mala de um ou outro fps.


Far Cry 4 é um jogo realmente impressionante e, mesmo este crítico mala que disse ter abandonado de vez a produtora dos assassinos, pensa seriamente em voltar atrás, depois dessa maravilha gamer.

Para a análise completa, fique ligado no lançamento do próximo A PORCA, o jornal da Porca Flamejante. E aí, já leu a quarta edição? Tem crítica de Dragon Age Inquisition, Forza Horizon 2, Never Alone e muito mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário